COC – Centro de Oncologia Campinas

Centro de Oncologia de Campinas realiza atendimentos gratuitos de atenção ao câncer de próstata

Até 500 homens sem o diagnóstico da doença serão atendidos no dia 21 de novembro, em campanha relacionada ao Novembro Azul. Pacientes podem doar 1 kg de alimento não perecível.

O Centro de Oncologia de Campinas (COC) atenderá gratuitamente, no dia 21 de novembro, até 500 homens que queiram passar por avaliações e exames que garantam o diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Intitulada como “Sábado Sem Câncer”, a campanha integra as ações do Novembro Azul, campanha de prevenção e conscientização a doenças masculinas, com ênfase no câncer de próstata.

Segundo o Centro, todo o atendimento, incluindo exames, caso necessários, serão gratuitos. No entanto, o paciente poderá levar 1 kg de alimento não perecível, que serão arrecadados e doados a uma instituição de caridade de Campinas.

A ação ocorrerá das 8h às 17h, ou até se esgotarem as 500 senhas. Não haverá agendamento prévio. Todos os participantes devem receber o resultado dos exames em um prazo de dez dias.

“Os pacientes serão recebidos pela equipe de triagem para elaboração do cadastro. Em seguida, passarão por avaliação clínica e realizarão a coleta de material para o exame de PSA, que mede o nível de uma substância produzida pela próstata – Antígeno Prostático Específico”, diz, em nota.

O local vai adotar protocolos necessários à prevenção da Covid-19, como fila ao ar livre e com respeito ao distanciamento mínimo, uso obrigatório de máscara fora e dentro da unidade e disponibilização de álcool em gel a voluntários e pacientes.

 

Serviço:
“Campanha Sábado sem Câncer – Quem procura…Se cura”
Quando: dia 21/11, das 8h às 17h;
Quanto: O atendimento é gratuito. Os parceiros sugerem a doação de 1kg de alimento não perecível para ser doado a instituições de Campinas;
Vagas: 500 homens. Não é necessária inscrição prévia;
Onde: Centro de Oncologia Campinas – Rua Alberto de Salvo, 311, Barão Geraldo, Campinas.

 

____

Matéria publicada no G1 em 03/11/2020