Medidas sanitárias ajudam a garantir segurança dos pacientes do COC

Medidas sanitárias ajudam a garantir segurança dos pacientes do COC

O decreto municipal que determina a volta de Campinas à fase vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo, a partir desta quarta-feira (3/3), autoriza o funcionamento de clínicas médicas e de toda a área de saúde. Dessa forma, o Centro de Oncologia Campinas atenderá normalmente seus pacientes e seguirá, como de costume, todas as regras sanitárias para evitar os riscos de contágio pelo novo coronavírus.

As medidas restritivas se devem ao aumento do número de casos e de óbitos por covid-19. Por determinação do governador João Doria, a partir deste sábado (6/3), todo o estado de São Paulo também entrará na fase vermelha. A quarentena permanecerá em vigor até o dia 19 de março. Apenas serviços considerados essenciais, como os da área da saúde, estão autorizados a operar durante o período.

O Centro de Oncologia Campinas lembra aos pacientes a importância de seguir com os tratamentos médicos e reforça que todas ações de prevenção continuarão sendo adotadas para garantir a segurança nos atendimentos.

Controle de temperatura, uso de máscara de proteção, higienização com álcool em gel das mãos, limpeza e higienização de todas as dependências da Unidade e distanciamento físico estão entre as iniciativas aplicadas e valorizadas pelo Centro de Oncologia Campinas para ajudar a combater a propagação do coronavírus.

 

Leia também: Pandemia agrava realidade do câncer

Tags: