Pacientes com câncer receberão dose de reforço da vacina contra Covid-19

Pacientes com câncer receberão dose de reforço da vacina contra Covid-19

Os idosos com mais de 60 anos e os imunossuprimidos, como os pacientes com câncer, começarão a receber a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 no dia 6 de setembro. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (25), pelo governo de São Paulo. O Centro de Oncologia Campinas lembra que todos os pacientes com câncer devem procurar orientação do seu médico antes de tomar o imunizante.

Saiba mais: Pandemia agrava realidade do câncer

No caso dos idosos, a terceira dose será aplicada seis meses após ter completado o ciclo vacinal (aplicação de duas doses ou a dose única da Janssen). Para os imunossuprimidos, a recomendação do Ministério da Saúde é que o reforço ocorra a partir de 28 dias após a aplicação da terceira dose.

Segundo o Ministério, a imunização deverá ser feita, preferencialmente, com uma dose da Pfizer ou, de maneira alternativa, com a vacina de vetor viral Janssen ou AstraZeneca. Já o governador de São Paulo informou que será aplicada no estado a vacina que estiver disponível, o que inclui a possibilidade de uso da Coronavac para reforço.

Leia também: A importância da imunização no combate às doenças