“Sábado sem câncer” irá atender gratuitamente 500 homens dentro do Novembro Azul

“Sábado sem câncer” irá atender gratuitamente 500 homens dentro do Novembro Azul

A campanha será realizada no dia 21/11 no Centro de Oncologia Campinas, com exames gratuitos de PSA e uma linha completa de cuidados

A união de esforços resultou em uma ação solidária de atenção ao câncer de próstata sem precedentes em Campinas. No dia 21 de novembro, 500 pacientes receberão atendimento gratuito graças à parceria entre o Centro de Oncologia Campinas (COC), Ramos Medicina Diagnóstica, o Hospital Centro Médico Campinas, a Próton Diagnósticos e laboratório Multipat.

A campanha “Sábado Sem Câncer” será realizada no Centro de Oncologia Campinas, das 8h às 17h ou até esgotarem as senhas, e integra as ações do Novembro Azul, campanha de prevenção e conscientização às doenças masculinas, com ênfase no câncer de próstata.Todo o atendimento, exames de PSA à ressonância e biópsia, se necessários, serão gratuitos.

Os pacientes serão recebidos pela equipe de triagem para elaboração do cadastro. Em seguida, passarão por avaliação clínica e realizarão a coleta de material para o exame de PSA, oferecido pelo laboratório Ramos a todos os homens que irão participar da campanha, ao todo, 500 pacientes.

Para realizar o PSA no dia 21, a recomendação do laboratório é que os interessados sigam as seguintes orientações e preparo:

– Jejum de 4 horas, não tenha ejaculado nas últimas 48 horas, nos últimos dois dias não tenha feito exercício de bicicleta (ergométrica ou não), nem andado de motocicleta, nem praticado equitação, nos últimos três dias não tenha usado supositório, nem recebido sondagem uretral ou feito exame de toque retal, nos últimos cinco dias não tenha feito cistoscopia, não tenha realizado ultra-sonografiatransretal nos últimos sete dias e não tenha feito colonoscopia ou retossigmoidoscopia nos últimos 15 dias.

O PSA é o principal exame para iniciar o rastreamento do câncer de próstata em homens assintomáticos, junto ao exame de toque e, serve para medir o nível de uma substância produzida pela próstata – Antígeno Prostático Específico. Um PSA elevado exige atenção e uma investigação com certa urgência, mas não significa que o indivíduo está com câncer.

No prazo máximo de dez dias, todos os que foram examinados receberão os resultados do exame realizado pelo laboratório. Aqueles que apresentarem indicativos da doença, serão contatados e encaminhados para a realização de exame de ressonância magnética e, posteriormente, para biópsia, caso necessário.

A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Ela é um órgão pequeno, com forma de maçã e se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto (parte final do intestino grosso). A próstata envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada.

Não haverá inscrição prévia e será por ordem de chegada. Os parceiros sugerem também a doação de um quilo de alimento não perecível, que não é obrigatório. Toda a arrecadação será destinada a uma instituição da caridade de Campinas.

Dosagem de PSA no sangue

Durante a fase inicial do câncer de próstata, sua evolução é silenciosa, ou seja, não há sintomas evidentes. “Por isso, a importância dos exames preventivos, pois nesta fase as chances de cura são maiores”, explica Fabio Tambascia, médico patologista clínico do laboratório Ramos Medicina Diagnóstica.

A dosagem de PSA é o primeiro passo no processo de diagnóstico para o câncer, extremamente útil para a detecção da doença precocemente, quando as chances de cura podem chegar a cerca de 90%. Após o aparecimento dos sintomas, mais de 95% dos casos já se encontram em fases avançadas. Por isso, a importância da prevenção com os exames regulares: toque retal e PSA, periodicamente, com o devido acompanhamento médico.

A recomendação é que homens em geral, a partir de 50 anos, procurem um urologista para acompanhamento. Já aqueles com maior fator de risco, como histórico familiar em pai e irmãos ou câncer de mama, em mãe e irmã, devem procurar o urologista a partir dos 40 anos.

Ainda não é possível evitar a doença. Mas ao realizar exames preventivos, é possível diagnosticá-la. O nome vem da sigla ProstateSpecificAntigen (PSA), que significa Antígeno Prostático Específico, uma enzima que possui características de marcador tumoral ideal. Isto significa que sempre que existir lesão da membrana das células da próstata, o antígeno é liberado de dentro da célula para o sangue.

Dados sobre a doença

Cerca de 1,3 milhão de novos casos de câncer de próstata devem ocorrer em 2020 no mundo. No Brasil, a previsão é que a doença atinja quase 66 mil homens este ano, o que corresponde a 62,95 novos casos a cada 100 mil homens. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de próstata é o segundo mais comum no Brasil entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma).

Cerca de 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. O aumento observado nas taxas de incidência no Brasil pode ser parcialmente justificado pela evolução dos métodos diagnósticos (exames), pela melhoria na qualidade dos sistemas de informação do País e pelo aumento na expectativa de vida do brasileiro.

“O câncer de próstata tem uma manifestação esperada para depois da quarta ou quinta década de vida. É importante salientar que quando há um histórico familiar, a pessoa pode herdar a chance de ter câncer de próstata”, alerta o médico André Augusto Gemeinder de Moraes, do Centro de Oncologia Campinas.

Protocolo de segurança

Por conta da pandemia, procedimentos sanitários para evitar o contágio pelo novo coronavírus serão seguidos, como fila ao ar livre, distanciamento, uso obrigatório de máscara fora e dentro do COC e disponibilização de álcool em gel aos voluntários e pacientes. Estações de atendimento receberão os pacientes sem formação de aglomeração.

“É uma oportunidade única para os homens cuidarem de sua saúde, conhecerem mais sobre a doença e agirem a favor de um diagnóstico precoce”, afirma o oncologista Fernando Medina, do Centro de Oncologia Campinas, um dos idealizadores da campanha.

Sobre o laboratório

O Ramos Medicina Diagnóstica possui mais de 46 anos de experiência, oferecendo o que há de mais moderno em exames laboratoriais. Referência laboratorial em atuação em hospitais de Campinas, o laboratório funciona ainda em 5 unidades fixas (Unimart Shopping, Tilli Center, Cambuí, Guanabara e Campos Elíseos) espalhadas por regiões diferentes da cidade, além de atuar como laboratório de apoio à diversas clínicas de Campinas e região.

Serviço:

Campanha Sábado sem Câncer – “Quem procura…cura”
Quando: dia 21/11, a partir das 8h
Vagas: 500 homens. Não é necessária inscrição prévia
Local: Centro de Oncologia Campinas – Rua Alberto de Salvo, 311, Barão Geraldo, Campinas. Telefone: (19) 3787-3400

____

Matéria publicada em SEGS em 09/11/2020